Exame: pesquisa mostra aumento da vantagem de Lula sobre Bolsonaro

 

Uma pesquisa realizada pela EXAME/IDEIA mostrou que o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) ampliou a vantagem em relação ao presidente Jair Bolsonaro (que anunciou que irá se filiar ao PL) no segundo turno. Se as eleições fossem hoje, o petista teria 48% dos votos e o candidato à reeleição, 31%. Em julho, esta distância entre os dois era de 12 pontos percentuais.

Os resultados são do projeto que une EXAME e o IDEIA, instituto de pesquisa especializado em opinião pública. A sondagem ouviu 1.200 pessoas entre os dias 9 a 11 de novembro. As entrevistas foram feitas por telefone, com ligações tanto para fixos residenciais quanto para celulares. A margem de erro é de três pontos percentuais para mais ou para menos.

A pesquisa testou possíveis cenários de segundo turno considerando os candidatos com a maior intenção de votos no primeiro turno: Lula e Bolsonaro. Com o petista, foram considerados quatro cenários, além da disputa com o atual presidente. Em todas as simulações, o ex-presidente venceria.

MaisPB


BORGES NETO LUCENA INFORMA