Fórum dos servidores debate com governo recomposição salarial na Paraíba

 

Os representantes do Fórum dos Servidores Estaduais da Paraíba se reuniram, na tarde desta quinta-feira (18), com a secretária de Administração do Estado, Jacqueline Gusmão, e o secretário de Planejamento, Orçamento e Gestão, Gilmar Martins. O encontro virtual contou com a participação de entidades representativas de vários segmentos do serviço público e teve como pauta principal a recomposição salarial.

Durante a reunião, as entidades pontuaram o superavit financeiro da Paraíba e a estabilidade fiscal do governo, que inclusive, levou o Estado a ser reconhecido como o 4º melhor do país em equilíbrio fiscal, divulgado na mídia através do jornal A União do dia 05 de novembro de 2020. Esse resultado melhorou ainda mais em 2021, em virtude de não ter concedido reajuste aos servidores, e a receita ter alcançado superávit em torno de 1,4 bilhão. Esse equilíbrio não dificultaria um incremento salarial, que viesse a recompor as perdas de mais 20% só no Governo João Azevedo.

O aumento da alíquota de contribuição previdenciária, advindo da Reforma da Previdência, também diminuiu o poder de compra dos trabalhadores do serviço público.

Segundo o secretário Gilmar: “O Governo está esperando a decisão sobre o reajuste dos professores de 31%, conforme Lei Federal. Essa despesa dificulta o reajuste geral dos servidores, pois causa impacto no limite das despesas com pessoal, conforme a Lei de Responsabilidade Fiscal”.

Após o diálogo com os representantes do Governo do Estado, ficou agendada uma nova rodada de negociações, que pode acontecer até o fim deste mês de novembro.

MaisPB


BORGES NETO LUCENA INFORMA