Galdino diz que candidatura de João Azevêdo não perde para ninguém: "Oposição é tão pequena que tanto faz"


 Ao avaliar as correntes que se apresentam para a disputa ao pleito nas eleições de 2022, o presidente da Assembleia Legislativa da Paraíba (ALPB), Adriano Galdino (PSB), disse, nesta quarta-feira (17), em entrevista ao programa Arapuan Verdade, que a oposição não apresenta risco para a reeleição do atual governador, João Azevêdo (Cidadania). 

Segundo ele, mesmo em um cenário de união entre as oposições, ainda sim, a reeleição de João seria certa. "Pode se unir todas as oposições que esse governo não perde pra ninguém. A oposição é tão pequena e é tão sem horizonte, que tanto faz estar unida ou desunida que é a mesma coisa", disse.

Para Galdino, só haveria uma única chance de colocar em risco a reeleição. "O governador João Azevêdo só perde pra ele mesmo, não perde pra ninguém. Se o governo errar nas suas articulações e na sua maneira de fazer política, pode perder pra ele mesmo. Mas não perde pra ninguém, nem para os Cunha Lima, nem para Bolsonaro, nem para a esquerda. Esse governo só perde se cometer erros políticos administrativos. Se não, será uma das maiores vitórias aqui da Paraíba", avaliou.

Como acompanhou o ClickPB, a declaração do parlamentar durante a entrevista, levantou ainda o fato de seu nome ser cotado para vice na chapa do governador. Ele reafirmou que é o melhor nome no cenário e que vai lutar para ser o escolhido, no entanto deixou claro seu espirito diplomático ao reiterar que se for convencido de que há um nome mais forte, permanecerá com o projeto de reeleição na Assembleia Legislativa. 

“Acredito que o meu nome é o melhor, mas se for convencido que existe um outro que agregue mais do que o meu, serei o primeiro a retirar a postulação e vou para a reeleição como deputado estadual”, disse.

CLICKPB



FALA PARAÍBA-BORGES NETO