Mães e familiares de autistas marcam ato na orla de João Pessoa e clamam por inclusão de atendimento em planos de saúde


 Mães e outros familiares de crianças e outras pessoas autistas se reunirão em um ato pacífico na orla de João Pessoa cobrando o pleno atendimento desse público nos planos de saúde. O ato será realizado próximo ao Busto de Tamandaré, às 16h do domingo (7) e pede providências para autistas de todas as idades que usam os planos de saúde.

Nick Fernandes é mãe de criança autista e está na organização do ato em João. "Queremos atendimento adequado para nossos filhos autistas, o que é prescrito pelo médico", disse ao ClickPB.

Em 23 de outubro de 2019, por maioria de votos, o Pleno do Tribunal de Justiça da Paraíba admitiu o Incidente de Resolução de Demandas Repetitivas (IRDR). O objetivo é identificar se os planos de saúde devem fornecer tratamento integral ou delimitar seu alcance aos portadores do Transtorno do Espectro Autista (TEA).

O Incidente surgiu do caso em que uma mãe de uma criança com TEA cobrou assistência do plano de saúde contratado. A Justiça no Brasil tem dado decisões favoráveis aos autistas que tem tratamento prescrito por médicos.

Nick Fernandes já está há mais de três anos fortalecendo o apoio e contato entre mães de crianças autistas, com um grupo no WhatsApp. Em suas redes sociais, ela relata a luta que é dar esse suporte voltado à criança autista e revela o amor que que dá forçar para a luta continuar. "Ser mãe de autista é tirar forças de onde não tem, para enfrentar o que não conhece apenas por amor", descreve ela nas redes sociais.