Prefeitura anuncia auxílio de R$ 4 mil para professores na Paraíba; veja benefícios

 

No município de Soledade, professores terão direito a um auxílio de R$ 4 mil. A medida foi regulamentada por meio de decreto e prevê o pagamento da gratificação para dar apoio à aquisição e manutenção de equipamentos tecnológicos necessários para as atividades dos docentes. O valor será pago em 30 de novembro.

O documento detalha que, devido à pandemia do novo coronavírus, tem sido necessário que os profissionais possuam o amparo tecnológico devido para executar suas atividades. Dessa forma, o auxílio garante o incentivo para o aprimoramento dos professores.

A medida é válida para professores e especialistas em educação efetivos, no desempenho de atividades educativas e de apoio educacional, sendo eles profissionais do magistério, de séries iniciais e finais em atividade ou em gozo de licença prêmio, bem como de direção e gestão escolar.

O pagamento da gratificação será realizado com recursos do Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica (FUNDEB).

Prefeito do município, Geraldo Moura Ramos detalha que a medida garante o suporte para os professores, um dos profissionais que mais foi afetado com a covid-19. “Passamos por um período complicado durante a pandemia, com aulas on-line, o que exigiu muito dos docentes. Esse decreto retribui o esforço empregado e mostra nosso compromisso com a educação”, avaliou.

Avanço – Soledade avançou na educação nos últimos dois anos. O dado foi divulgado pelo Índice de Oportunidades da Educação Brasileira (IOEB), que classificou a região como ‘em desenvolvimento’, que é quando a cidade tem um crescimento superior à mediana nacional.

Em 2015, Soledade teve avaliação de 3,5 no IOEB, e em 2017, recebeu a pontuação de 3,6. Já neste ano, o Índice da educação foi de 4,1 – valor nunca antes alcançado pelo município.

A secretária de Educação do município, Andrea Berto, avalia que apesar da pandemia do novo coronavírus, Soledade tem adotado estratégias para garantir a eficiência do processo de aprendizagem. Entre as ações, ela destaca a implementação do programa em parceria com o Estado da Paraíba, Integra Paraíba, que busca alfabetizar 100% das crianças na idade certa, além de corrigir o déficit de aprendizagem e a distorção idade-ano dos estudantes.

“O professor Ivanildo Mariano, um dos nossos docentes, teve um projeto de sua autoria aprovado pelo Governo do Estado. É muito satisfatório ver nosso município tendo destaque na Paraíba”, comemorou.

MaisPB


BORGES NETO LUCNA INFORMA