Wilson Filho mobiliza Assembleia Legislativa e recolhe assinaturas de deputados para somar forças em prol do IF do Sertão

 

A luta pelo projeto de desmembramento do Instituto Federal da Paraíba (IFPB) e criação do Instituto Federal do Sertão ganha mais um reforço. Durante a 45ª Sessão Ordinária da Assembleia Legislativa da Paraíba, realizada na manhã desta quarta-feira (03), o deputado estadual e líder do governo, Wilson Filho, coletou assinaturas dos deputados estaduais em carta que será encaminhada ao ministro da Educação, Milton Ribeiro.

No dia 20 de outubro, durante uma audiência pública da Comissão de Finanças, Fiscalização e Controle da Câmara dos Deputados, o ministro da Educação, Milton Ribeiro, anunciou a criação de apenas seis Institutos Federais de Ensino Superior (Ifes), deixando a Paraíba de fora após recusa da reitoria do IFPB que se posicionou contra o desmembramento que criaria o Instituto Federal do Sertão da Paraíba.

A ideia inicial do MEC era dotar os campi mais distantes das capitais de uma reitoria própria para melhorar a qualidade da gestão de ensino e pesquisa nos Institutos Federais de Educação.

Para o deputado estadual Wilson Filho, é necessário que toda a classe política paraibana esteja unida para reivindicar ao Governo Federal que reveja essa decisão. “A criação do IF do Sertão é de extrema importância para a educação da região. A concretização desse projeto irá estimular o desenvolvimento do ensino, pesquisas, extensão e cursos voltados para as potencialidades do Sertão”, ressaltou o deputado.

A ação do deputado Wilson Filho fortalece a articulação do deputado federal Wilson Santiago, em Brasília, que durante a sessão realizada pela Câmara dos Deputados fez uma intervenção política em defesa do IF do Sertão. Após a intervenção, o ministro da Educação, Milton Ribeiro, requisitou um novo estudo à equipe técnica e elaboração de uma planilha que será encaminhada ao Ministério da Economia, incluindo o projeto de desmembramento do IFPB e criando o Instituto Federal do Sertão.

Toda a bancada federal em Brasília já demonstrou apoio e assinou uma carta que já foi entregue ao ministro da Educação, Milton Ribeiro.

Trajetória

A luta pela criação do Instituto Federal do Sertão é antiga e teve seu início em 2014 com a apresentação de um Projeto de Lei de autoria do então deputado federal Wilson Filho. Posteriormente, em 2019, o deputado Wilson Santiago apresentou um novo PL.

Atualmente o Instituto Federal da Paraíba conta com 21 campi e tem mais de 30 mil alunos. A proposta visa desmembrar do Instituto Federal da Paraíba que administrará 14 campi, enquanto que a nova reitoria do IFSPB administrará os campi de Cajazeiras, Catolé do Rocha, Itaporanga, Patos, Princesa Isabel, Santa Luzia e Sousa, passando a compor o IFSPB.

DE OLHO NO CARIRI


FALA PARAIBA-BORGES NETO