Dez unidades escolares de JP são premiadas pelo MEC por bom uso de recursos do Programa Dinheiro Direto na Escola

 

Um trabalho de respeito e carinho da Prefeitura de João Pessoa, por meio da Secretaria de Educação e Cultura (Sedec), com o ensino nas escolas municipais fez com que sete unidades de ensino e três Centros de Referência de Educação Infantil (Creis) recebessem o prêmio do Governo Federal, “Parcela Desempenho” do Programa Dinheiro Direto na Escola (PDDE).

“Essa premiação do Governo Federal atesta que nossas escolas estão fazendo o uso correto dos recursos do PDDE. E isso nos deixa muito orgulhosa. O Brasil tem cerca de 180 mil escolas de Educação Básica. Desse montante apenas quase 13 mil receberam essa premiação. E nós temos logo 10 unidades só da nossa rede com essa premiação. Minha gratidão a todos que fazem a Educação”, agradeceu a secretária de Educação do município, América Castro.

As unidades que receberam a parcela desempenho do PDDE foram as Escolas Municipais Dom Helder Câmara, Nazinha Barbosa, Luiza Lima Lobo, Damásio Barbosa da Franca, João XXIII, General Rodrigo Otávio e Cônego João de Deus.

Os Creis premiados foram Luiza da Taipa, Santa Emília de Rodat e Gertrudes Maria.

Para ter direito a receber esses recursos, no início do ano a direção da escola, juntamente com outros profissionais da unidade de ensino, se reúnem e traçam o planejamento financeiro que vai dizer como será investida a verba. Essa atualização cadastral deverá ser feita no sistema PDDEWeb.

“O recurso do PDDE é algo de uma grande importância para o município. Pode ser usado na área pedagógica da escola, infraestrutura, pequenos serviços. Na parte pedagógica seria a compra de materiais destinados à utilização com o aluno na sala de aula como jogos didáticos, papel, cartolina, datashow. Se a escola pensa em montar uma horta, por exemplo, ela poderá usar esses recursos para isso”, explicou a assessora administrativa/financeira da Secretaria de Educação, Conceição Macedo.

A diretora administrativa da Escola Nazinha Barbosa, Josy Gabriely Moreira de Medeiros não escondeu a alegria de ser uma das escolas reconhecidas e premiadas pelo Ministério da Educação. “Isso é um reconhecimento do nosso trabalho. Pegamos a escola em 2020 com 543 alunos matriculados e vamos fechar o ano com 933 alunos. O recurso da parcela desempenho do PDDE já está na conta da nossa escola. Agora vamos sentar com o Conselho Escolar e vermos como iremos aplicar no próximo ano na nossa escola”, disse.

PB AGORA


BORGES NETO LUCENA INFOR,MA