Estado discutirá obrigatoriedade do passaporte da vacina em shoppings

 

O secretário de Saúde da Paraíba, Geraldo Medeiros, informou que discute, nesta segunda-feira (20), com a Procuradoria Geral e o governador João Azevêdo (Cidadania) a recomendação do Ministério Público sobre a ampliação da exigência do passaporte da vacina para shoppings e salões de beleza.

Na recomendação expedida neste domingo (19), os MP’s pedem que o Estado adote medidas para exigência do comprovante de vacinação das pessoas maiores de 18 (dezoito) anos, como requisito também para ingresso nos estabelecimentos de serviços essenciais que contenham espaços que forneçam alimentos de forma distinta do delivery e do takeaway.

Para os órgãos, a falta de exigência do comprovante sanitário nos locais com grande fluxo de pessoas e ambientes onde é necessária a retirada da máscara, coloca em risco a vida e a segurança dos trabalhadores desses locais, que estão continuamente expostos ao contato com os consumidores.

Público vacinado

O secretário informou que nesta semana serão realizados dois dias D para que as pessoas escolham os locais mais pertos de suas casas. “Mais de 400 mil paraibanos ainda não receberam a primeira dose e também que não receberam a dose de reforço”, alertou o secretário em entrevista à TV Cabo Branco.

Sobre a atualização dos dados relacionados à vacinação, o gestor disse que a Secretaria de Saúde não tem tido possibilidade de divulgar os números reais por conta da falha no sistema do Sistema Único de Saúde. “O conecte-SUS facilitava o passaporte vacinal e esperamos que esta semana o Ministério da Saúde atualize e resolva esse problema”, disse Geraldo.

MaisPB


BORGES NETO LUCENA INFORMA