Gestão de enfretamento à Covid-19 em São José dos Cordeiros é aprovada por 98,4% da população, aponta Instituto IP


 A política de enfretamento a Covid-19 foi com certeza um dos maiores desafios das gestões públicas neste ano de 2021. Nesta área foram necessárias medidas emergenciais como priorização das ações, deslocamento de estrutura, profissionais, emissão de decretos, entre outras medidas.

Em alguns municípios do Brasil a gestão da Covid-19 recebeu críticas da população por estratégias erradas ou falta de tomadas de decisões necessárias, mas na cidade de São José dos Cordeiros, no Cariri Paraibano as ações foram positivas ao ponto de receber a aprovação de quase toda sociedade. É o que apontam os dados da pesquisa do Instituto IP, realizada no último dia 23/12 que mostra uma aprovação recorde.

Foi perguntado aos entrevistados como eles avaliam a atuação da gestão municipal, através da Secretaria de Saúde em relação ao enfrentamento a Covid-19. Somando os que avaliaram como “Ótima” (31,8%), “Boa” (53,6%) e “Regular/Razoável” (13) a média de aprovação da atuação da saúde chega a 98,4%.

O Prefeito Felício Queiroz revelou que recebeu com muita satisfação esses dados, principalmente porque durante o ano de 2021 a gestão teve que tomar, em alguns momentos, medidas duras mas necessárias para manter a luta pela vida e isso está sendo reconhecido pela população agora. O gestor ainda fez questão de destacar o empenho de todos os profissionais da saúde pela coragem e determinação nessa batalha que ainda não terminou, mas está sendo vencida.

A Secretária de Saúde, Rosângela Moura disse que recebeu com alegria esses dados que demonstram um reconhecimento da população de São José dos Cordeiros ao trabalho da equipe de saúde num momento de muitos esforços que foi luta contra a Covid-19. A secretária também lembrou que essa aprovação traz uma responsabilidade ainda maior de manter todos os esforços para poupar vidas e priorizar o bem maior dos cordeirenses que é a saúde.

DADOS TÉCNICOS

A Pesquisa foi realizada pela empresa “IP Pesquisas e Acompanhamento de Gestão” no dia 23 de dezembro de 2021.

O levantamento foi realizado abrangendo os moradores de 16 anos de idade ou mais utilizando técnicas de Amostragem Estratificada.

CONFIABILIDADE

O intervalo de confiança, com grau de confiabilidade de aproximadamente 95%, tem margem de erro estimada para a amostra total de 6,9 pontos percentuais para mais ou para menos.

A pesquisa é assinada por Felipe Moreira Martine, estatístico graduado na UFMG e pós-graduado em ciência de dados na PUC Minas.


DE OLHO NOCARIRI


BORGES NETO LUCENA INFORMA