Em entrevista, Moro diz que quer acabar com foro privilegiado, inclusive do presidente

 

O pré-candidato à presidência da República, o ex-ministro e ex-juiz federal Sergio Moro (Podemos), disse que, se eleito, quer acabar com foro privilegiado, inclusive do presidente. Além dessa proposta, propõe ainda a criação de uma corte nacional de combate a corrupção. As informações foram dadas em entrevista ao programa Arapuan Verdade, da Rádio Arapuan FM, desta sexta-feira (07).

“Uma das propostas é acabar com foro privilegiado para todo mundo, inclusive para o presidente da República. Outra proposta vamos voltar pela execução em segunda instância. Não pode ter um processo que nunca acaba. Não pode ser um processo que nunca termina”, comentou, como acompanhou o ClickPB.

De acordo com Moro, é necessário se ter um processo eficiente. “Se a pessoa é para ser absolvida porque é inocente, assim seja. Se a pessoa é condenada tem que cumprir a pena, se for prisão faz parte da lei”, frisou, apontando ainda uma terceira proposta de seu plano de governo como a criação de uma corte nacional contra a corrupção.

Confira outras falas do ex-ministro de Bolsonaro



CLICKPB

FALA PARAÍBA-BORGES NETO