Uiraúna proíbe festas, shows e vaquejadas até 10 de fevereiro após aumento de casos de Covid-19

 


Em um novo decreto publicado pela Prefeitura Municipal de Uiraúna, a prefeita Maria Sulene Dantas Sarmento, determinou a proibição de festas, shows e até vaquejadas na cidade até o dia 10 de fevereiro de 2022. Isso ocorre como uma das medidas de enfrentamento da Covid-19. Nas últimos semanas, a Paraíba tem registrado aumento nos casos confirmados da doença.

De acordo com o decreto, que o ClickPB teve acesso, fica proibida no âmbito municipal a realização de festas dançantes, shows e similares em ambientes públicos ou privados, avalgadas, vaquejadas, bingos, festas dançantes em bares, restaurantes, espetinhos e similares, ou qualquer evento musical ou cultural que provoque aglomeração de pessoas. 

"Os estabelecimentos devem exigir o cartão de vacinação para autorizar o
ingresso das pessoas, devendo constar as doses dos imunizantes que foram aplicados", consta ainda no decreto. Em caso de descumprimento dessas medidas serão aplicadas as sanções como multa de um a dez salários mínimos e cassação de alvará de funcionamento.

Ainda segundo o documento, se fez necessária a adoção de medidas mais restritivas para conter o aumento de casos de Covid-19. Além disso, leva em consideração um aumento diário do número de casos e que tais medidas proporcionais a gravidade e condições de saúde estão sendo adotadas, gradativamente e em tempo oportuno.

Confira o decreto


CLICKPB



FALA PARAÍBA-BORGES NETO