Ruy: “Não existe problema de Veneziano com o nosso grupo”

 

O deputado federal Ruy Carneiro (PSDB) afirmou, na noite desta terça-feira (01) durante entrevista ao programa Hora H, apresentado pelos jornalistas Heron Cid e Wallison Bezerra, na Rede Mais Rádio, que não há dificuldades para uma eventual aliança entre o senador Veneziano Vital do Rêgo (MDB) com o grupo do ex-senador Cássio Cunha Lima (PSDB).

Vital tem sido provocado por filiados ao MDB para que dispute o Governo do Estado contra o governador João Azevêdo (Cidadania). Já o PSDB lançou a pré-candidatura do deputado Pedro Cunha Lima ao Palácio da Redenção. Para Ruy, as divergências ocasionadas por disputas antigas em Campina Grande podem ser superadas por uma união das oposições, mesmo que seja em um eventual segundo turno.

“As oposições têm que se unir no segundo turno. Não existe nenhum problema de Veneziano com o nosso grupo. O que acontece é que existiram disputas em Campina Grande, que é a base eleitoral de Romero, de Cássio, de Pedro e de Veneziano. Essas disputas, eventualmente, deixam rusgas. Mas a Paraíba é mais importante que essa disputa provinciana. Temos um adversário comum que é o governador do estado e temos que vencê-lo no campo das propostas e o sentimento é que, quem não chegar ao segundo turno, deve apoiar a candidatura do outro”, avaliou.

Mudança de partido 

Filiado ao PSDB, o deputado federal admitiu deixar a legenda que já presidiu no Estado e migrar para outro partido visando as eleições deste ano. Carneiro lembrou que já recebeu convite de legendas como União Brasil, PSC, PL e Republicanos. Entretanto, o parlamentar afirmou que ainda trabalha para permanecer no ninho tucano.

“Minha prioridade é ser candidato pelo meu partido. Logicamente, se nós não tivermos como montar um corpo ou trazer até outros deputados a situação dificulta. Mas o plano B a gente só pensa quando se exaure o plano A. O nosso plano A é nos manter onde estamos”, destacou.

Roberto Targino – MaisPB


FALA PARAÍBA-BORGES NETO