Reeducandas da PB terão bolsas de estudo para cursos técnicos integrados ao EJA e de preparação para o Enem

 

Bolsas de estudos de educação a distância para reeducandas dos presídios femininos da Paraíba. A novidade foi acordada entre o Centro de Ensino Educa Nexus e o Governo do Estado, por meio da Secretaria de Estado da Administração Penitenciária e da Secretaria de Estado da Mulher e da Diversidade Humana. A parceria envolve cursos técnicos integrados a EJA (Educação Jovens e Adultos) e de preparação para o Enem. Em breve, os cursos serão disponibilizados, também, para as unidades masculinas.

“O nosso objetivo é tornar mais acessível o acesso à educação para pessoas que estão em situações de vulnerabilidade. Com isso, pensamos em ajudar um grupo que, muitas vezes, tem dificuldades de voltar à sociedade. Essa é uma forma de tornar o período de detenção mais humanizado e encorajador, para que a reinserção social seja mais branda, produtiva e significativa”, afirmou Gustavo Gonçalves, coordenador de convênios da instituição.

O Secretário de Administração Penitenciária, Sérgio Fonseca, explicou que a parceria busca reduzir o índice de evasão escolar da população carcerária do Estado, além de ampliar a qualificação profissionalizante. “Essa parceria é muito importante para o sistema Penitenciário quando vem beneficiar as reeducandas, lhes dando oportunidades de se qualificarem tanto no aprendizado escolar quanto profissionalizantes, capacitando-as para entrarem no mercado de trabalho”, pontuou.

O Gerente de Educação da Secretaria de Estado da Mulher e da Diversidade Humana, Fernando Luiz, falou da importância da parceria para promover a ressocialização, uma vez que se busca oferecer oportunidades de conhecimentos, educação e capacitação. ”As mulheres reclusas que participam das formações pelo EAD, adquirem mais oportunidades de melhorias de vida para quando estiverem fora do Sistema Prisional“, reforçou.

PB Agora


BORGES NETO LUCENA INFORMA