Romero Rodrigues diz que sofreu golpe baixo e constrangimento, já recebeu convites do PL e União Brasil e define até amanhã novo partido


 O ex-prefeito de Campina Grande, Romero Rodrigues, falou, nesta terça-feira (29), após ser destituído da presidência do PSD na Paraíba. Em entrevista ao programa Arapuan Verdade, da rádio Arapuan FM, Romero declarou que recebeu um "golpe baixo" e foi alvo de constrangimento. Romero também revelou que define até amanhã (30) o seu novo partido.

"Não vou guardar mágoa, nem rancor, nem ressentimento. Terão o meu respeito de sempre. Mas estou profundamente triste. Nunca foi do meu feitio tirar partido nem dos meus inimigos, quem dirá dos mais próximos. É triste isso a gente imaginar que ainda hoje a gente se depara com isso na política", desabafou Romero Rodrigues em entrevista ao Arapuan Verdade, conforme apurou o ClickPB.

Romero ainda revelou que recebeu contatos de diversas pessoas, entre elas o deputado federal "Wellington Roberto colocando o partido (PL) à disposição." Ele também mencionou o convite do União Brasil, de Efraim Filho.

Sobre a escolha de um novo partido, o ex-prefeito de Campina Grande pontuou que "o prazo é muito curto. É dormir, pedir a Deus que me dê sabedoria, discernimento, para decidir amanhã a questão partidária."

clickpb



fala paraíba-borges neto