Unifacisa perde para o Paulistano mas segue firme entre os 5 melhores do NBB

 

A Unifacisa deu início a sua sequência de jogos fora de casa, o time de Campina Grande foi até São Paulo para enfrentar o Paulistano, na noite deste sábado, no Ginásio Antônio Prado Jr. A equipe paraibana fez um bom primeiro período, mas não conseguiu manter o ritmo que imprimiu durante a primeira etapa da partida, em uma noite onde as bolas não caíram para os paraibanos. Com isso, a Unifacisa viu sua sequência de vitórias ser quebrada pelo placar de 83 a 64.

Os destaques da partida ficaram por conta de Kevin Crescenzi, cestinha da Unifacisa com 12 pontos e 3 rebotes. Gerson com 11 pontos, 7 rebotes e 1 assistência. Guilherme Hubner com 11 pontos e 4 rebotes, seguidos pela dupla de estrangeiros David Cubillan e Travor Gaskins com 10 e 9 pontos respectivamente.

O próximo compromisso da Unifacisa está marcado para a próxima segunda-feira, 14, onde a equipe enfrenta o Corinthians, às 20h, no Ginásio Wlamir Marques, com transmissão ao vivo pela Tv Itararé e Youtube do Basquete Unifacisa.

O Jogo

Os donos da casa foram os primeiros a abrir um placar com um velho conhecido da Unifacisa, Nate Barnes marcando 3 pontos, ele que defendeu as cores do time paraibano durante a conquista da Liga Ouro e por mais duas temporadas do NBB, foi contratado no início do segundo turno pela equipe paulista e enfrentou seu ex-time pela primeira vez. A sequência do período foi toda da Unifacisa, a equipe fez ótimas descidas, explorando os arremessos de média e longa distância para marcar 12 pontos seguidos, sem resposta do adversário.

O Paulistano começou o segundo período imprimindo um ritmo mais forte, trabalhando nos espaços que a Unifacisa deixou no fundo de quadra para pontuar. O time de Campina Grande respondeu com Kevin Crescenzi, que marcou 6 pontos com dois arremessos de 3 pontos seguidos. Ainda assim, o aproveitamento da Unifacisa caiu, a equipe teve dificuldades de rodar a bola e colocar seus jogadores em posição para bons arremessos, o adversário soube se aproveitar deste momento e gradativamente foi diminuindo a diferença até empatar o placar, mas a Unifacisa ainda encontrou dois chutes antes do fim do período e conseguiu se manter à frente no intervalo.

Os donos da casa voltaram melhor do vestiário, trabalhando nos contra-ataques de forma rápida, a equipe do Paulistano assumiu a liderança no placar pela primeira vez na partida. A Unifacisa cometeu alguns erros no ataque, perdendo posses de bola e pecando na finalização, a marcação do time campinense também não se encontrou em quadra e o time paulista aproveitou o momento para construir uma pequena vantagem.

O desempenho abaixo do esperado durante o terceiro período colocou o time de Campina em uma situação delicada, precisando correr atrás do prejuízo no período final, mas a bola não caiu para a Unifacisa na noite deste sábado, o baixo aproveitamento nos lances de quadra, somados as faltas acumuladas e superioridade os rebotes para os paulistas, a Unifacisa não alcançou a virada e viu sua sequência de vitórias ser quebrada pelo placar de 83 a 64.

“Fizemos dois tempos bem diferentes no jogo, no primeiro conseguimos executar o nosso plano de jogo e encaixamos a defesa para sair na frente. Já no segundo tempo cometemos alguns erros, deixamos alguns espaços para eles na quadra que infelizmente nos custaram a vitória. A equipe do Paulistano é um grande time, que vem brigando para subir na tabela, sabíamos que seria um jogo difícil, brigamos muito para alcançar o resultado positivo mas infelizmente ele não veio, agora vamos esfriar a cabeça e já focar no próximo jogo contra o Corinthians”, pontuou o pivô da Unifacisa, Guilherme Hubner.

MaisPB


FALA PARAÍBA-BORGES BETO