Basquete unifacisa vence Cerrado e afirma melhor campanha da equipe no NBB

 

O basquete Unifacisa entrou em quadra pela última vez nesta temporada regular do NBB. O time de Campina Grande recebeu o Cerrado Basquete, na noite desta sexta-feira, na Arena Unifacisa, e venceu um jogo equilibrado, após fazer um último período dominante, pelo placar de 75 a 65. Com o resultado positivo a equipe afirma a melhor campanha em sua história na competição, finalizando a fase regular em sexto colocado, após uma conquistar  20 vitórias em 32 jogos, 11 delas dentro de casa. Ao longo desta temporada a Unifacisa escreveu capítulos importantes que com certeza serão lembrados pela torcida, sempre apaixonada, que encheu a Arena em todos os jogos desta temporada.

Os destaques da partida ficaram por conta de Kevin Crescenzi, cestinha da Unifacisa com 15 pontos, 4 rebotes e 2 assistências. Trevor Gaskins, que anotou 12 pontos e 4 rebotes, seguidos por Guilherme Hubner, Jimmy e Gerson, com 10 pontos cada.

Já classificada para os Playoffs, a Unifacisa agora aguarda o resultado do confronto entre Caxias do Sul e Corinthians, marcado para este sábado, 16. O perdedor do duelo irá enfrentar a Unifacisa nas oitavas de final do NBB em uma série de jogos melhor de 3, nesta próxima terça ou quarta-feira, data ainda a ser definida.

O Jogo

Os donos da casa foram os primeiros a tirar o zero do marcador, após boas jogadas dentro do garrafão, o time saiu na frente com 4 a 0. A resposta do adversário veio logo em seguida, com Thorton que anotou para 3 pontos. A sequência do período foi bem equilibrada, com as equipes se estudando bastante, em busca dos melhores espaços para encaixar os arremessos. Com a partida empatada, Kevin Crescenzi veio do banco para fazer a diferença para a Unifacisa, o armador trouxe para quadra uma maior intensidade, buscando mais a cesta e anotou 7 pontos no período, para colocar a Unifacisa a frente do placar.

No segundo período a defesa da Unifacisa apareceu, a equipe conseguiu ajustar a marcação e dificultou as ações ofensivas do time adversário, principalmente no interior do garrafão, fechando a passagem dos jogadores que buscavam infiltração. Com a defesa funcionando, o ataque teve mais tranquilidade para trabalhar a bola e os jogadores souberam aproveitar o momento para marcar 6 pontos seguidos sem resposta do adversário e abrir vantagem no placar. Com o garrafão bem ocupado, restou ao adversário recorrer aos arremessos de longa e média distância, onde não obtiveram tanto êxito, mas a superioridade nos rebotes para a equipe do Cerrado foi fundamental para que o time tivesse novas oportunidades e não permitisse que a Unifacisa alongasse a diferença indo para o intervalo da partida.

O time adversário voltou melhor do vestiário, com o objetivo de encostar no placar, ainda apostando nos arremessos do perímetro, o time do Cerrado conseguiu ser mais assertivo e converteu 66% nos arremessos de 3 pontos e até alcançou a virada. Já a Unifacisa não foi tão bem nesse quesito e acabou recorrendo a linha de lance-livre, onde pontuou com efetividade, para manter o placar tecnicamente empatado.

Mas o último período foi todo da Unifacisa, o time de Campina Grande fechou novamente a defesa e não deu muitas chances para o adversário pontuar. Ofensivamente os jogadores também tiveram a tranquilidade para marcar nos momentos decisivos, Gaskins converteu uma bola importante de 3 pontos, para colocar a diferença em mais de uma posse de bola, daí para frente o time só precisou administrar o tempo e as posses de bola para fechar a temporada regular com vitória pelo placar de 75 a 65.

“Vitória importante para nós, não vínhamos jogando muito bem então o resultado de hoje vem para nos dar a confiança de volta no principal momento do campeonato. Sabíamos da capacidade dos atletas do Cerrado, são jogadores de muita qualidade, então essa é uma vitória que com certeza dá moral para nossa equipe. Agora voltamos todo nosso foco para os Playoffs, onde cada jogo é uma decisão e vamos entrar para dar o nosso melhor e trazer mais uma vitória para casa”, comentou o armador da Unifacisa, Kevin Crescenzi.

MaisPB



FALA PARAÍBA-BORGES NETO