Em denúncia, Walber Virgolino divulga vídeo de mulher enterrando própria avó em cemitério público de Santa Rita por falta de coveiros

 


Um vídeo divulgado na manhã desta quarta-feira (27) pelo deputado estadual Walber Virgolino (PL) mostra a denúncia de uma mulher que filma parentes enterrando a sua avó em um cemitério público de Santa Rita por falta de coveiros. Nas imagens, a mulher lamenta a situação e cobra explicações da gestão municipal.

"A gente que está tendo que fazer o enterro da minha avó porque não tem quem faça. Isso é uma vergonha e desmoralização, prefeito. Cadê o dinheiro? Coloca aí. Eles [coveiros] precisam e a gente também precisa deles. Esse é o fim de todo mundo, inclusive o seu. Todos nós vamos passar por esse processo", disse.

Veja o vídeo da denúncia:

Em contato com o ClickPB, o parlamentar informou que já solicitou informações à prefeitura via requerimento e afirmou que vai encaminhar o caso ao Ministério Público para apuração, independente da resposta da gestão. A denúncia aponta que os coveiros da cidade não estariam fazendo o serviço por falta de pagamento.

"Eu tenho recebido algumas ações do povo de Santa Rita reclamando de vários assuntos. Mas, o que me chamou atenção foi uma ente de uma falecida que mandou o vídeo e pediu para cobrar do prefeito que, pelo menos, colocassem nos serviços do município os coveiros. Eles não têm coveiros, porque os mesmos se recusam a enterrar os corpos por não estarem recebendo", disse.

O que diz a prefeitura

Por meio de uma nota, a prefeitura negou que os cemitérios públicos do município estejam sem coveiros e afirmou que a queixa vem de um grupo de profissionais que foram contratados por excepcional interesse público em 2020, cujos contratos expiraram em dezembro de 2021. De acordo com a gestão, esse grupo já foi substituído e "os cemitérios da cidade estão funcionando normalmente".

Leia a nota:

A Prefeitura de Santa Rita rechaça, categoricamente, a informação de que há atrasos de pagamentos dos servidores públicos. 

A folha funcional é paga rigorosamente dentro do mês trabalhado – um compromisso firmado e honrado pela administração municipal desde 2017, quando a atual gestão assumiu e, com muito trabalho e dedicação, colocou todos os salários em dia, encerrando um ciclo histórico de atrasos e desrespeito ao servidor público. 

Os salários dos aposentados, pensionistas e servidores têm sido pagos inclusive de forma antecipada,  reduzindo o calendário previsto. 

A queixa em curso, de que coveiros estariam sem acesso a seus salários, está circunscrita a um grupo de profissionais que havia sido contratado por excepcional interesse público em 2020 (conforme está previsto na Lei 1874/2018) e cujos contratos expiraram em dezembro do ano passado, sendo substituídos por novo grupo profissional. 

Ainda de acordo com a legislação, os contratos feitos por excepcional interesse público têm validade de dois anos, só podendo ser refeitos após um ano. 

A legislação foi concebida e é rigorosamente cumprida para que o acesso perene aos quadros da administração municipal seja feito através de sua janela democrática e republicana, que é o concurso público.  

Feitos estes esclarecimentos, a Prefeitura de Santa Rita informa a população que os cemitérios da cidade estão funcionando normalmente, inclusive nos finais de semana, com profissionais disponíveis para a realização de sepultamentos.

CLICKPB


FALA PARAÍBA-BORGES NETO