Na nova corrida armamentista, Bulgária compra caças americanos​


  Em mais um negócio abocanhado pelos EUA na esteira da crise de segurança europeia detonada pela invasão russa da Ucrânia, Washington aprovou a venda de oito caças F-16 para o governo da Bulgária.

O negócio é de US$ 1,67 bilhão (R$ 7,8 bilhões) e os aviões deverão ser entregues em 2027 e 2028. Sofia já havia comprado outros oito aviões em 2020, que ainda não foram entregues, para substituir sua claudicante frota de modelos soviéticos.

Hoje, a Otan providencia a defesa do espaço aéreo desse ex-país comunista. Após a crise, os EUA abocanharam vendas de caças avançados F-35 para Alemanha e Canadá, além outras encomendas militares.

CLICKPB



FALA PARAÍBA-BORGES NETO