Pai de menino que matou mãe e irmão, na PB, pede desinternação do filho à Justiça, diz advogado

 

O pai do adolescente de 13 anos que matou a tiros a mãe e o irmão mais novo, em Patos, no Sertão da Paraíba, pediu a desinternação do filho em depoimento durante uma audiência de instrução, nesta sexta-feira (1º), segundo o advogado de defesa, Aylan da Costa Pereira. O policial reformado de 57 anos também foi atingido por tiros e ficou gravemente ferido.

O menino foi transferido no dia 20 de março para o Centro Especializado de Reabilitação de Sousa, também no Sertão da Paraíba.

DE OLHO NO CARIRI



BORGES NETO LUCENA INFORMA