População aproveita dia D de vacinação em João Pessoa para colocar cartão de vacinação em dia

 

Centenas de pessoas aproveitaram a manhã deste sábado (2) para colocar o cartão de vacinação em dia tomando a vacina contra Covid-19, em mais uma ação da Prefeitura de João Pessoa. Neste ‘Dia D’, não houve necessidade de agendamento e foram disponibilizados vários postos de imunização, como unidades de saúde da família (USF) e o Mangabeira Shopping, que funciona até 16h como ponto de drive-thru para o público 12+ e como pedestres para crianças de 5 a 11 anos.

Elisa e Danilo Machado foram dois dos primeiros a se vacinarem no posto do Mangabeira Shopping. “Essa é a nossa terceira dose. Foi tudo tranquilo na nossa família. Ninguém teve reação em nenhuma das etapas de imunização. Nessa etapa, nós passamos da data da vacinação um mês porque tivemos Covid recentemente, no mês de fevereiro”, disse Elisa.

Já o comerciante Kleber Gouveia, de 38 anos, apresentou reação na primeira dose da vacina. “Espero que nessa terceira dose corra tudo bem e possa seguir em frente sem problemas com a Covid”, relatou.

Para este ‘Dia D’, a Prefeitura de João Pessoa, por meio da Secretaria Municipal de Saúde, preparou um cronograma especial. A primeira dose está disponível para todos os públicos a partir dos 5 anos de idade, além da segunda dose da Coronavac (28 dias após a primeira dose), Pfizer (60 dias), Astrazeneca (90 dias) e Janssen. Pode tomar a terceira dose a população com idade a partir de 18 anos (120 dias após a segunda dose), imunossuprimidos (28 dias) e os trabalhadores de saúde (120 dias).

A quarta dose é destinada apenas para as pessoas imunossuprimidas e idosos a partir dos 80 anos que tenham recebido a terceira dose há, pelo menos, 120 dias.

Documentação exigida – Para receber a primeira dose da vacina a partir dos 12 anos, é necessário apresentar documento oficial com foto, Cartão SUS, CPF e comprovante de residência em João Pessoa. Já para a D2, D3 e D4, é necessário o cartão de vacinação e um documento pessoal com foto, além de comprovação documental para trabalhadores de saúde e imunossuprimidos.

A Secretaria Municipal de Saúde orienta os imunossuprimidos sobre a necessidade de apresentação de laudo médico, que ficará retido no local a fins de comprovação.

PB Agora


BORGES NETO LUCENA INFORMA