Após João Azevêdo cobrar unidade na chapa majoritária, Taciano Diniz diz que não aceita imposição e reafirma apoio a Efraim Filho


 O deputado estadual Taciano Diniz (União) reagiu à cobrança de unidade feita pelo governador João Azevêdo (PSB) em torno da pré-candidatura ao Senado que será definida na chapa majoritária do governo. O nome mais provável para ocupar a vaga é o do deputado federal Aguinaldo Ribeiro (PP).

O parlamentar foi taxativo ao afirmar que não aceitará imposição de voto e reafirmou seu apoio para senador ao deputado federal Efraim Filho (União), que se tornou oposição ao gestor do estado.

"Não existe hipótese de deixar de votar em Efraim para senador", declarou o deputado em entrevista ao programa Arapuan Verdade, da Arapuan FM, nesta quinta-feira (26).

CLICKPB


FALA PARAÍBA-BORGES NETO