Bruno faz homenagem ao avô e decreta luto oficial de três dias em Campina Grande: “Meu amigo. Meu exemplo”

 


O prefeito de Campina Grande, Bruno Cunha Lima, lamentou o falecimento do avô, o ex-senador Ivandro Cunha Lima e decretou luto de três dias em Campina Grande. Como apurou o ClickPB, o Semanário Oficial do Município, em edição extra, publicado neste domingo (29), traz oo decreto do prefeito, estabelecendo o luto oficial.

O ex-senador e ex-deputado federal Ivandro Moura Cunha Lima, 92, faleceu na manhã deste sábado, 28, em casa, por falência múltipla dos órgãos.

“Meu avô. Meu pai. Meu amigo. Meu professor. Meu mentor. Meu guia. Meu exemplo.”, escreveu o prefeito de Campina Grande.

Avô do prefeito Bruno, o advogado Ivandro Cunha Lima construiu uma biografia marcada por uma carreira pública vitoriosa, desde os tempos da militância estudantil. Em 1974, foi eleito suplente de senador de Rui Carneiro, assumindo o mandato em 1977 por decorrência da morte do titular. Foi presidente do BNDES, no início da década de 90 e eleito deputado federal, em 1994.

De espírito conciliador e respeitado por aliados e adversários, Ivandro Cunha Lima se consolidou como um homem público culto, de palavra, discreto, de elevado padrão ético e com inúmeros exemplos de generosidade e correção.

Nas redes sociais, o prefeito Bruno Cunha Lima diz ter perdido um avô, um pai, um professor, um mentor, um guia e um exemplo.



CLICKPB


FALA PARAÍBA-BPRGES NETO