Paraíba aplica quase 115 mil doses de vacinas contra sarampo e influenza durante Dia D deste sábado

 

O estado da Paraíba aplicou neste sábado (30), durante o dia D das Campanhas de Vacinação contra o Sarampo e Influenza, 114.614 doses das vacinas. Os dados foram consolidados às 18h deste sábado com informações de 209 municípios.

De acordo com uma parcial deste dia de mobilização, das doses administradas 30.030 foram da vacina tríplice viral, que protege contra sarampo, caxumba e rubéola, e 84.584 do imunizante contra influenza.

A abertura oficial da Campanha aconteceu no Busto de Tamandaré, em João Pessoa, na tarde da sexta-feira (29) e teve a participação do ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, e da secretária estadual de Saúde, Renata Nóbrega. “As vacinas garantem o controle de várias doenças e as baixas coberturas são um motivo de preocupação. O estado tem investido na imunização e a previsão é contratar 32 profissionais de enfermagem para acompanhar os municípios e ampliar a cobertura vacinal da Paraíba nos próximos seis meses”, afirmou a secretária.

A gerente executiva de Vigilância em Saúde da Paraíba, Talita Tavares, avaliou o resultado como positivo. “Pelo número de doses aplicadas até a véspera do dia de mobilização, podemos concluir que o volume de pessoas que recebeu a vacina contra sarampo foi bastante significativo. Tínhamos pouco mais de 40 mil doses aplicadas e alcançamos mais 30 mil indivíduos em um único dia”, explica. Ela continua destacando que também para influenza a força de abrangência foi similar: “Havia 135.578 doses aplicadas no estado e mais de 84 mil foram administradas somente neste sábado”.

As campanhas de vacinação contra sarampo e influenza foram iniciadas em 4 de abril e se estendem em todo estado até 3 de junho para reduzir as complicações, as internações e a mortalidade decorrentes destas infecções, sobretudo na população mais vulnerável aos vírus.

A Secretaria de Estado da Saúde reforça que todos os municípios paraibanos estão abastecidos com doses para atender a população contemplada. Na Paraíba, mais de mil salas de vacinação seguem trabalhando para garantir a imunização dos grupos prioritários.


CLICKP


FALA PARAÍBA-BORGES NETO