Com crise de doenças respiratórias, Prefeitura de cidade do Cariri multará quem acender fogueira

 

A Prefeitura de Assunção, no Cariri paraibano, punirá com multa de R$ 100 o morador que acender fogueira em local público ou privado até o dia 31 de dezembro. A cidade enfrenta uma crise provocada por síndromes respiratória e proibição busca evitar danos maiores à população.

“A propagação da fumaça causada pelas fogueiras juninas além de causar poluição do ar, pode reduzir ainda mais a capacidade respiratória dos doentes”, justificou o prefeito Luiz Santos em decreto emitido.

O decreto entrou em vigor nessa quarta-feira (22) e para alertar a população um carro de som transmitiu o decreto na manhã desta quinta-feira (23), véspera de São João, dia de acender fogueira, conforme a tradição nordestina.

De Olho no Cariri

BORGES NETO LUCRNA INFOMRA