Presidente do PCdoB na Paraíba adverte Jackson Macêdo sobre federação, após PT mobilizar jurídico contra apoio do governador, e diz que "vitória de Lula passa por João Azevêdo"

 

O presidente do PT paraibano, Jackson Macêdo voltou a afirmar que acionará a justiça caso o governador e candidato a reeleição ,João Azevêdo (PSB), utilize imagens de Lula em sua campanha eleitoral. Isso porque parte da direção do PT no Estado apoia a pré-candidatura de Veneziano Vital (MDB) ao Governo.

"Aqui temos um conflito porque o PT defende Veneziano e o PV e PCdoB defendem João. Quem vai decidir é a direção nacional da federação e o PT tem dois terços da federação e portanto autonomia para defender seus interesses", sentenciou Jackson Macedo.

A declaração vem sendo duramente criticada pelos dirigentes dos partidos que compõe a federação formada pelo PT, PCdoB, PSB e PV. A presidente do PCdoB, Gregória Benário, justificou que o governador João Azevedo é do PSB, mesmo partido de Geraldo Alckmin, que será candidato a vice-presidente na chapa encabeçada por Lula. "Existe a federação e parte do PT não pode ser soberana a federação composta por mais três partidos", rebateu.

 Gregória Benário afirmou ainda que a "vitória de Lula na Paraíba passa por João Azevedo" e que não há nada de contraditório nisso. "Existe a federação 'Fé Brasil' e a federação precisa ter um entendimento só por quatro anos e Geraldo Alckmin é do PSB, partido do Governador João Azevêdo", finalizou 

Parte da direção do PT no Estado apoia a pré-candidatura de Veneziano Vital (MDB) ao Governo.

CLICKPB


FALA PARAÍBA-BORGS NETO