Urso tenta matar filhote, briga com fêmea e os dois despencam de penhasco na Espanha


 Dois ursos pardos caíram de um penhasco na Serra da Palentina, na Espanha, após uma briga violenta. Os animais se enfrentaram quando o macho tentou matar o filhote da fêmea, que protegeu seu bebê. Após alguns segundos de luta, ambos despencaram do despenhadeiro. O macho morreu e a fêmea sobreviveu.

Vídeos da briga viralizaram nas redes sociais. As imagens mostram quando o urso pardo macho se aproxima da fêmea com o filhote. A fêmea tenta impedir que o macho se aproxime do "bebê" e os dois começam a brigar. Pouco depois, eles caem na ribanceira da montanha coberta de pedras.

O macho aparece no vídeo rolando no chão por alguns metros. O animal de 217 kg foi encontrado morto no local. As imagens foram feitas por um casal de frequentadores da serra.

A fêmea e seu filhote foram encontrados vivos. A adulta com ferimentos significativos e com vestígios de sangue, em uma caverna de difícil acesso, informaram as autoridades locais.

Infanticídio

O presidente da Brown Bear Foundation, Guillermo Palomero, disse ao jornal espanhol "El Mundo" que o macho tentava matar o filhote para que a fêmea entrasse novamente na fase de cio, algo que não é excepcional entre os animais selvagens.

— O infanticídio de urso não é algo que acontece todos os dias, mas não é excepcional, algum caso ocorre todos os anos — disse.

De acordo com Palomero, o comportamento do macho se enquadra no perfil reprodutivo padrão da espécie quando tentam acessar fêmeas não receptivas por estarem com filhotes pequenos.

— O objetivo não era matar a ursa, mas deixar seus genes. O objetivo era matar o filhote para forçar a fêmea a entrar no cio — explicou. — É um ataque de infanticídio, uma tentativa de matar o bebê.

CLICKPB



FALA APRAÍBA-BORGES NETO