Em evento do PSB, João afirma que não haverá ‘exclusividade com Lula’ na PB; Wilson comenta ausências dos Galdinos

 

O evento do PSB e partidos aliados do governador João Azevêdo ontem (14) no Clube Cabo Branco, em apoio à sua pré-candidatura ao Governo do Estado, trouxe alguns novos âmbitos, primeiro na afirmação de João no tocante ao apoio de Lula ao seu projeto, onde destacou: “Não tem essa [história] de exclusividade”, noutro ponto a presença de Lucas Ribeiro e a ausência do presidente da Assembleia o deputado Adriano Galdino e seu irmão o pré-candidato a deputado federal Murilo Galdino, ambos do Republicanos.

Sobre a garantia do ex-presidente e pré-candidato ao Palácio do Planalto Luiz Inácio Lula da Silva (PT), João Azevêdo disse: “Não tem essa história de exclusividade. Lula terá quantos palanques quiser, queremos agregar e não dividir”, afirmou o socialista. Entretanto até o momento, o ex-presidente Lula já gravou um vídeo em apoio para o pré-candidato Veneziano Vital do Rêgo (MDB), senador do MDB. No evento desta quinta-feira, ocorrido no Clube Cabo Branco, na Capital, havia um banner com a foto do governador e de Lula. “Vamos começar a luta a partir de agora”, disse João.

“Acreditamos em você porque aqui tem projeto. Não é projeto pessoal, não é projeto de vingança, é projeto para as pessoas e os paraibanos e paraibanas é que estão acima de tudo”, disse Lucas em seu discurso. Sobre as ausências do deputado federal Hugo Motta e do presidente da Assembleia Legislativa, Adriano Galdino. No tocante, a Hugo, o seu pai o prefeito de Patos, Nabor Wanderley, justificou a ausência do filho por ter agenda em Brasília, e disse que estava no local, o representando.

Wilson Santiago (Republicanos), tentou amenizar a ausência de todos os Galdinos, reforçando que o partido não será problema para o governador João Azevedo (PSB). “Não somente nós dos Republicanos estamos juntos para que João continue no Palácio da Redenção. Vossa excelência fique tranquilo porque dor de cabeça com os Republicanos não haverá hora nenhuma porque nós todos já nos reunimos várias vezes e entregamos ao senhor a condição de montar a chapa de acordo com sua conveniência. Só assim se consegue construir a vitória”, destacou Wilson.

PB AGORA


BORGES NETO LUCENA INFOMRA