Especialistas dão dicas de como lidar com incômodos neste período chuvoso em João Pessoa


 Nos últimos dias choveu a maior parte do tempo em João Pessoa e com isso problemas como roupas que demoram para secar, mofo, infiltrações e sensação de que está tudo úmido afetam a população. Mas além destes pequenos incômodos em casa, ainda há aquelas pessoas que sofrem com infecções e alergias desencadeadas por diversos fatores evidenciados pelo clima e por isso o portal falou com o otorrinolaringologista Lucas Patrocínio e o alergologista e imunologista Raiff Vasconcelos que deram dicas de como lidar com alguns destes problemas.

Para Lucas Patrocínio, infecções, gripes, resfriados, sinusites e crises alérgicas são comuns nesta época do ano. “Normalmente todos esses casos começam com um leve desconforto, aumento da temperatura, nariz escorrendo e dor de cabeça. A pessoa pode tomar um analgésico ou antialérgico, mas caso não tenha melhora é essencial procurar um especialista”, disse, destacando também alguns cuidados importantes: “O que as pessoas precisam fazer é deixar o ar circular e sempre que a chuva der trégua colocar o cobertor e, se possível, o colchão para tomar sol. Resumindo, o que ajuda mesmo é manter o ambiente limpo e lavar sempre as mãos. Tudo isso facilita a circulação de vírus e evita que potenciais causadores de alergia, como o ácaro e o mofo, aumentem”, afirmou.

Já Raiff, alertou que neste clima frio, o fluxo de pacientes chega a quase triplicar, por causa dessas mudanças climáticas. “Então, os alérgicos sofrem bastante nesse período, visto que são mais suscetíveis ao processo inflamatório”, comentou, destacando também que esse tipo de alergia é uma patologia inflamatória que afeta as vias respiratórias como nariz, laringe e pulmão. “É um conjunto de fatores que coloca o alérgico nesse período numa situação mais delicada, principalmente se ele não se trata ou não se previne constantemente”, acrescentou.

PB AGORA 


BORGES NETO LUCEBA INFOMRA