Prefeitura de Junco do Seridó entra na mira do MP por “contratação precária” de servidores

 

O Ministério Público da Paraíba (MPPB), através da Promotoria de Justiça de Santa Luzia, abriu inquérito para investigar a Prefeitura de Junco do Seridó, por supostas “contratações precárias” de servidores pela atual gestão do prefeito Dr. Paulo (União Brasil).

De acordo com o promotor José Carlos Patrício, responsável pelo caso, o inquérito terá o prazo de validade de um ano, podendo ser prorrogado.

O promotor não deu mais detalhes sobre o caso, a exemplo da proporção entre servidores efetivos e comissionados, nem se foi expedida recomendação para que a Prefeitura realize concurso público.

Confira o documento:

042.2022.000215-Portaria de instauração de IC nº 1_PJ – Santa Luzia_2022-Portaria de instauração de IC-2022-0001287935

 

PB Agora7


BORGES NETO LUCENA INFOMRA