Vice-presidente da federação PSOL Rede na Paraíba diz esperar solução objetiva após reunião com TRE-PB sobre violência contra membros da esquerda

 


O vice-presidente da federação PSOL Rede na Paraíba, Tárcio Teixeira, disse, em entrevista ao programa Arapuan Verdade nesta quarta-feira (27), esperar uma solução objetiva após a reunião com o Tribunal Regional Eleitoral (TRE-PB) sobre os casos de violência contra membros da esquerda no estado e em outros lugares do país. A reunião foi solicitada através de ofício pela federação PSOL Rede, que estendeu o pedido ao TRE-PB para que receba também o PSB, PT, PCdoB e UP.

"Recebemos essa resposta do TRE-PB de forma muito positiva. A Justiça Eleitoral está atenta para essas denúncias. Vem chegando essas denúncias de ataques a membros da esquerda e a gente espera que essa reunião tenha um desdobramento objetivo. Um exemplo disso é que o TSE construiu um grupo de trabalho para monitorar as ações violentas e fiscalizar de perto para poder agir de forma objetiva e imediata. A gente espera que seja criado um canal de comunicação direto com essa comissão que possa vir a supervisionar as ações para que não se demore na resolutividade de ações que venham a acontecer", explicou o vice-presidente da federação PSOL Rede na Paraíba, conforme apurou o ClickPB.

Ainda segundo Tárcio Teixeira, haverá uma reunião, nesta quarta-feira, na ADUFPB, no Centro de Vivência da UFPB, com o tema 'Paraíba pelas liberdades democráticas e contra o golpe anunciado'. Participarão partidos de esquerda como PSB, PT, PSOL, PV, PSTU, PCdoB, PCB e entidades populares.

CLICKPB



FALA PARAÍBA-BORGES NETO