Saga de um vaqueiro: Bruno Roberto declara ao TSE ser dono de 3,8 mil cabeças de gado avaliadas em R$ 4,6 milhões

 

O candidato a senador da Paraíba, Bruno Roberto (PL), declarou ao Tribunal Superior Eleitoral (TSE) ser dono de 3.866 cabeças de gado. Na "saga do vaqueiro" candidato, consta em lista dos bens declarados à Justiça Eleitoral o rebanho bovino avaliado em R$ 4.682.624,46.

Na propaganda eleitoral gratuita, o candidato a senador já havia mencionado ser empresário da agropecuária.

Além das cabeças de gado, Bruno Roberto também declarou possuir apartamentos e outros imóveis, veículos e fundos de investimentos e ações.

Bruno Roberto e Ricardo Coutinho são os candidatos ao Senado pela Paraíba que tinham declarado a maior soma em reais de bens declarados à Justiça Eleitoral, em razão de suas candidaturas nas Eleições 2022.

Saiba mais

O levantamento feito pelo ClickPB, no último dia 17 de agosto, mostra que Bruno Roberto tem R$ 8,4 milhões em bens e Ricardo Coutinho possui R$ 3,2 milhões. Houve atualizações na lista de bens de Bruno Roberto.

Alexandre Soares (PSOL) tem R$ 556 mil declarados em imóveis e veículo. André Ribeiro (PDT) tem R$ 309 mil declarados entre imóvel, veículo, cadernetas de poupança e outras arrecadações. Efraim Filho (União Brasil) declarou R$ 785 mil em bens.

Manoel Messias (PCO) não declarou nenhum bem à Justiça Eleitoral. Pollyanna Dutra declarou ter R$ 657 mil em bens. Sérgio Queiroz declarou possuir R$ 626 mil em bens.


CLICKPB

BORGES NETO LUCENA INFOMRA