Candidato a deputado do PT na Paraíba com quase R$ 1 milhão em bens recebeu auxílio emergencial

 


Um levantamento realizado pelo portal ClickPB, com base em informações do Sistema de Divulgação de Candidaturas e Contas Eleitorais (Divulgacand) e do Portal da Transparência, constatou que 11 dos 28 candidatos a deputados estaduais pelo Partido dos Trabalhadores (PT) na Paraíba receberam alguma parcela do auxílio emergencial ao longo dos últimos dois anos. 

Deste total, um grupo formado por quatro candidaturas declarou ter mais de R$ 100.000,00 em bens. São eles: Abraão Leite, Carlos Silva, Edna do Gás e Noca Ribeiro. Segundo o cruzamento de dados, estas candidaturas têm, respectivamente, R$ 177.000,00; R$ 981.418,00,R$ 230.000,00 e R$ 200.000,00 em bens. 

Confira o levantamento completo: 

Abraão Leite (Abraão Leite da Silva): declarou R$ 177.000,00 em bens. Segundo dados, recebeu R$ 4.200,00 entre abril de 2020 e março de 2021. Recebeu também R$ 1.050,00 entre abril de 2021 e abril de 2022.

Cabelinho Porto (Josinaldo da Silva Porto): não declarou bens. Segundo dados, recebeu R$ 4.200,00 entre abril de 2020 e março de 2021. Também recebeu R$ 150,00 entre abril de 2021 e abril de 2022.


Carlos Silva (Carlos Antônio Vicente da Silva): declarou R$ 981.418,50 em bens. Segundo dados, recebeu R$ 4.200,00 entre abril de 2020 e março de 2021. Recebeu também R$ 1.080,00 entre abril de 2021 e abril de 2022.

Edna do Gás (Maria Edna dos Santos): declarou R$ 230.000,00 em bens À Justiça Eleitoral. De acordo com o Portal da Transparência, recebeu R$ 3.000,00 entre abril de 2020 e março de 2021.


Edna Ribeiro (Edna Ribeiro de Morais Ramos): a candidata não declarou bens. Segundo dados, recebeu R$ 3.600,00 entre abril de 2020 e março de 2021. Recebeu também R$ 1.050,00 entre abril de 2021 e abril de 2022.

Jânio Já (Jânio de Sena Abdias): não há bens declarados no divulgacand. Recebeu R$ 4.200,00 entre abril de 2020 e março de 2021. Recebeu também R$ 1.080,00 entre abril de 2021 e abril de 2022.


Milena Feitosa (Milena Feitosa dos Santos): candidata não declarou bens À JE. O CPF informado na certidão de nada consta que está no Divulgacand consta como sendo de Lucivaldo Feitosa dos Santos, no portal da transparência. Segundo o site, este CPF recebeu R$ 3.844,00 entreabril de 2020 e março de 2021. E R$ 900,00 no período de abril de 2021 e abril de 2022.

Nal da Banca (Ednaldo Araújo da Silva): não consta declaração de bens no sistema da Justiça Eleitoral. De acordo com informações do portal da transparência, recebeu R$ 3.844,00 entre abril de 2020 e março de 2021. Já entre os meses de abril de 2021 e 2022 recebeu R$ 900,00. 


Noca Ribeiro (Francisco Edilson da Silva Ribeiro): Com R$ 200 mil em bens, recebeu R$ 3.600,00 entre abril de 2020 e março de 2021 e R$ 1.050,00 entre abril de 2021 e 2022, conforme dados do portal da transparência.


Professor Jânio Pereira (Francisco Jânio Pereira): não informou bens à JE. Segundo o portal da transparência, este CPF recebeu R$ 3.600,00 entre abril de 2020 e março de 2021. E R$ 1.050,00 no período de abril de 2021 e abril de 2022.


Vagner Freitas (Vagner Santos de Freitas): não declarou bens à Justiça Eleitoral. Segundo o portal da transparência, o CPF informado no Divulgacand recebeu R$ 3.889,00 entre abril de 2020 e março de 2021. 


O ClickPB segue acompanhando as movimentações dos candidatos e, em breve, trará novidades e mais apurações em outras legendas sobre candidatos que receberam auxílio emergencial. 

CLICKPB


FALA PARAÍBA-BORGES NETO