João Pessoa tem quatro trechos de praia impróprios para banho neste fim de semana; Cabedelo e Pitimbú também têm trechos que devem ser evitados


 A Superintendência de Administração do Meio Ambiente (Sudema) divulgou relatório sobre a balneabilidade em mais de 60 trechos de praias do litoral paraibano. De acordo com as análises, foram considerados impróprios quatro trechos em João Pessoa, um em Cabedelo e mais um em Pitimbu.

Água contaminada por esgoto doméstico, por exemplo, podem expor os banhistas a bactérias, vírus e protozoários. Crianças e idosos, ou pessoas com baixa resistência, são as mais suscetíveis a desenvolver doenças ou infecções após terem nadado em águas contaminadas. 

As doenças relacionadas ao banho, em geral, não são graves, mas podem apresentar uma grande variedade de formas, sendo os sintomas mais comuns: enjôo, vômitos, dores de estômago, diarréia, dor de cabeça e febre. Outras doenças menos graves incluem infecções de olhos, ouvidos, nariz e garganta, em locais muito contaminados os banhistas podem estar expostos a doenças mais graves, como disenteria, hepatite A, cólera e febre tifóide.

A recomendação é que os banhistas evitem os seguintes locais:

João Pessoa

  • Em frente ao N° 315 da Av. João Maurício - Praia de Manaíra
  • Em frente a rotatória do Cabo Branco - Praia do Cabo Branco
  • Em frente a galeria de águas pluviais - Farol do Cabo Branco
  • Em frente a desembocadura do Rio Cuiá - Praia do Arraial

Cabedelo

  • Na margem direita do estuário do Rio Paraíba - Praia do Jacaré

Pitimbu

  • Em frente a desembocadura do riacho Engenho Velho - Praia do Maceió

CLICKPB


FALA PARAÍBA-BORGES NETO