Moraes determina desbloqueio de contas de empresários bolsonaristas

 

O ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), Alexandre de Moraes, determinou, nesta quinta-feira (15), o desbloqueio das contas bancárias do dono da Havan, Luciano Hang e outros empresários defensores do presidente Jair Bolsonaro (PL).

As contas dos empresários haviam sido bloqueadas pelo próprio ministro há duas semanas durante uma investigação sobre mensagens onde os empresários em conversas em grupos de rede social defenderam
ruptura democrática caso o presidente Jair Bolsonaro perca as eleições do dia outubro. Moraes também determinou buscas e apreensões em endereços dos investigados e quebra do sigilo de mensagens.

Moraes justifica que o desbloqueio das contas bancárias foi possível porque já passou o 7 de Setembro. O ministro entende que verbas dos empresários poderiam ter patrocinado atos antidemocráticos durante as comemorações da Independência.

“Em razão da passagem do feriado de 7 de Setembero e da efetivação do afastamento dos sigilos bancários dos investigados, medida que possibilitará o aprofundamento da investigação e verificação de eventual financiamento de atos criminosos, não configura-se mais necessária a manutenção do bloqueio dos ativos financeiros das pessoas nominadas”, explicou o presidente do TSE.

MaisPB


BORGES NETO LUCENA INFOMRA