Presidente do TRE-PB e Comandante-geral da PM cobram “isenção e imparcialidade” das tropas na “Operação Voto Seguro”

 

Na manhã de ontem (28), o desembargador Leandro dos Santos, presidente do Tribunal Regional Eleitoral da Paraíba (TRE-PB), juntamente com o comandante-geral da Polícia Militar da Paraíba, coronel Sérgio Fonseca, acompanharam o embarque dos militares que reforçarão o policiamento em todo o Estado da Paraíba na “Operação Voto Seguro 2022”. Ambos salientaram a importância isenção e imparcialidade” das tropas que vão atuar nas eleições.

“Recebemos o convite do Comandante Geral da Polícia Militar, coronel Sérgio Fonseca de Souza, o que nos permitiu acompanhar in loco, e com muita honra, a realização de um dos procedimentos estratégicos voltados à efetivação do plano de segurança Operação Voto Seguro 2022, montado pela Polícia Militar”, disse o presidente do TRE-PB desembargador Leandro dos Santos.

Na sua fala Fonseca, salientou que a orientação é que os princípios da “isenção e imparcialidade” devem ser adotados pelas tropas, ao lembrar que existem agentes de segurança que se ausentaram para concorrer as eleições, porém, o tratamento dado a eles será isonômico.

“Para nós, que fazemos parte da segurança pública, a isenção e a imparcialidade são fundamentais para que o pleito não seja maculado pelas nossas forças de segurança. Nós sabemos que hoje, na própria polícia, temos candidatos que são policiais, mas esses fazem lá as suas campanhas. Mas os nossos policias que vão trabalhar no pleito eles têm que ser o mais isento possível, mais imparcial possível e logico que a gente respeita o caminho que cada um deve seguir, cada um tem sua preferência e isso é normal”, concluiu.

PB AGORA


FALA PARAÍBA-BORGES NTO