Igreja de JP prega pauta conservadora e pede que fiéis não sejam ‘ingênuos’

 

O bispo Márcio Meira, da Igreja Anglicana de João Pessoa, assinou uma carta conjunta com outras lideranças religiosas da igreja no Brasil onde emite recomendações aos fiéis sobre a eleição presidencial no país, que será disputada entre o presidente Jair Bolsonaro (PL) e o ex-presidente Lula (PT).

No texto, os religiosos pedem que a Igreja não seja usada como tribuna para candidatos de qualquer partido. O documento, no entanto, apresenta bandeiras ideológicas defendidas pelo bolsonarismo e pautas consideradas conservadoras, como valores da família, combate ao aborto e ideologia de gênero.

“Entendemos que Deus criou homem e mulher para se completarem, crescerem e multiplicarem. O que vá além disso é opção pessoal de cada um e devem ser respeitados os que creem e os que fazem suas opções. (Gn 1:27)”, diz o texto.

Sem citar nomes, a carta termina afirmando que “existem candidatos e partidos que podem ser identificados dentro dessas recomendações”. As lideranças pedem que os fiéis não “não sejam ingênuos” porque o “mal não se apresenta raivoso, mas sonso”.

Carta da Igreja Anglicana

MaisPB


BORGES NETO LUCENNA INFOMRA