Veneziano reafirma apoio a Lula e não dá pistas sobre posicionamento no 2º turno para o Governo da PB

 

O senador Veneziano Vital do Rêgo (MDB), que ficou em 3º lugar na eleição para governador da Paraíba após a votação desse domingo (2), fez um pronunciamento, através de nota enviada à imprensa, sobre a sua derrota no pleito, mas não deu pistas sobre qual será o seu posicionamento no segundo turno: se vai apoiar o governador João Azevêdo (PSB), o candidato Pedro Cunha Lima (PSDB) ou se vai escolher a neutralidade.

No texto, Veneziano, que também é presidente do MDB da Paraíba, fala apenas sobre o segundo turno da eleição presidencial, onde reafirma o apoio a Lula e a “necessidade de trazer de volta ao nosso Brasil o respeito e a cordialidade entre as pessoas, a garantia da liberdade e a harmonia entre poderes e instituições”.

Vené agradece ao 373.511 paraibanos que votaram nele e o seus companheiros de “jornada”: Maísa Cartaxo, vice de sua chapa, Ricardo Coutinho, candidato ao Senado e os deputados federais e estaduais.

Leia na íntegra:

Aos amigos e amigas da minha amada Paraiba

Gostaria de, inicialmente, agradecer o carinho de cada um dos 373.511 paraibanos. Foi uma caminhada maravilhosa, da qual tiramos aprendizados e cultivamos ainda mais amizades. Sinceras e encorajadoras.

É hora de registrar o meu mais profundo sentimento de gratidão. Primeiro a Deus, que nos permitiu chegar até aqui com o apoio de tantos companheiros e companheiras, que honraram seus compromissos, que deram tudo de si para que nossa campanha fosse bela, maravilhosa e empolgante.

Agradecer também aos companheiros que estiveram conosco nesta jornada, a exemplo do companheiro Ricardo Coutinho, da companheira Maísa Cartaxo e dos candidatos a deputado federal e estadual dos partidos aliados.

Também agradecer a todos os paraibanos que ouviram nossa mensagem de apoio, de compromisso e de esperança na eleição do nosso presidente LULA. A necessidade de trazer de volta ao nosso Brasil o respeito e a cordialidade entre as pessoas, a garantia da liberdade e a harmonia entre poderes e instituições nos move a continuar defendendo a eleição de LULA como única alternativa, neste segundo turno, para o futuro do nosso Brasil.

Por isso que, neste instante, ressalto e reafirmo a necessidade de eleger LULA presidente, para garantir as propostas que realmente interessam ao país e que beneficiarão o nosso povo, como o permanente combate à fome e ao desemprego, e, principalmente, a garantia da paz e da harmonia que nossa nação precisa.

Sigamos juntos, unidos, fortalecidos, determinados, para garantir a eleição de LULA e a certeza de um Brasil de harmonia, de respeito e de futuro promissor.

E que Deus continue nos abençoando. Sempre!

Veneziano

 

PB Agora


BORGES NETO LUCENA INFORMA