Gleisi Hoffmann não dá prazo para indicação de ministros do governo Lula

 



A presidente do PT, Gleisi Hoffmann (PR), afirmou na tarde desta segunda-feira (21) que é “muito difícil” que haja uma definição dos nomes dos ministros nesta semana e que a pressão pela indicação é ansiedade do mercado.

O foco do partido, segundo a dirigente, para esta semana será a tramitação da proposta de emenda à Constituição (PEC) da Transição. Gleisi disse que Lula deve estar em Brasília na próxima quarta-feira (23), quando começará a discutir escalação dos ministros.

“O presidente Lula está vindo pra cá só na quarta-feira, e aí é que vai começar a conversar, vai começar a pensar. Ele não adiantou nada. Acho que essa semana é muito difícil. Eu acho que ele não está com tanta pressa. O pessoal do mercado que está mais ansioso. Acho que ele está com a coisa bem resolvida na cabeça”, frisou Gleisi.

A prioridade do partido nesta semana será com os trabalhos na transição e a PEC, para viabilizar o cumprimento das promessas de campanha de Lula.

“O foco agora é a gente fazer e fechar o trabalho das equipes de transição, o diagnóstico e fazer a tramitação da PEC aqui na Casa. A nossa proposta não colocamos tempo. É atemporal, até porque achamos que o combate à fome, combate à pobreza é fundamental”, concluiu a petista.

MaisPB

BORGES NETO LUCENA INFORMA