Republicanos anuncia ‘independência’ e Hugo Motta, Wilson Santiago e Murilo Galdino estão liberados para apoiar Lula

 


O Republicanos, partido da base de apoio político de Jair Bolsonaro no Congresso, anunciou nesta terça-feira (22) que atuará de forma independente durante o governo do presidente eleito Luiz Inácio Lula da Silva (PT).

O Republicanos é a sigla dos deputados federais eleitos pela Paraíba Hugo Motta, Murilo Galdino e Wilson Santiago, que sinalizam apoio ao presidente eleito, e de grandes aliados de Bolsonaro como a senadora eleita e ex-ministra Damares Alves (DF); o governador eleito de São Paulo, Tarcísio de Freitas; e o vice-presidente e senador eleito Hamilton Mourão (RS).

“O Republicanos decidiu, por unanimidade, atuar na próxima legislatura de forma independente no Congresso Nacional, sem se negar ao diálogo e à colaboração. O partido seguirá mantendo o apoio às propostas que sejam positivas para a população brasileira”, afirmou a legenda em nota.

A decisão de não se opor ao petista no Congresso foi vista por aliados de Lula como um “aceno” do partido ao governo eleito.

Além do Republicanos, o PSDB também indicou que deve adotar posição de independência em relação ao governo eleito. Novo e PL serão oposição.

PB AGORA



FALA PARAÍBA-BORGES NETO