Reitor da UFPB anuncia concurso com 45 vagas para o magistério superior e ônibus para Rio Tinto

 

O Reitor da Universidade Federal da Paraíba (UFPB), Prof. Valdiney Gouveia, e o Superintendente do Hospital Universitário Lauro Wanderley (HULW/UFPB), Dr. Marcelo Tissiani, apresentaram, nesta quinta-feira (15), um balanço dos dois primeiros anos de suas gestões na Universidade. Eles foram os convidados do Programa “UFPB em Dia”, da TV UFPB, que foi ao ar hoje, com transmissão ao vivo pelo canal 43.1 digital da TV aberta e pelo canal da TV UFPB no YouTube (por meio do qual o programa pode ser assistido).

Em entrevista conduzida pela jornalista Aline Lins, da Assessoria de Comunicação da UFPB, os gestores listaram algumas das principais realizações da Universidade desde que assumiram a gestão e responderam perguntas enviadas pelo público, por meio do WhatsApp. Foram abordados temas como investimentos em pesquisa e em equipamentos, obras entregues e em andamento nos quatro campi e no Hospital Universitário, assistência estudantil e um dos assuntos que mais geraram interesse dos telespectadores: a realização de concursos públicos. 

Numa retrospectiva sobre as ações implementadas pela atual gestão, o Reitor mostrou-se satisfeito com os resultados alcançados nestes dois anos e citou, como conquistas recentes, a criação do 17º centro de ensino da UFPB, que é o Centro Profissional e Tecnológico (antiga Escola Técnica de Saúde-ETS) e a aprovação da Escola de Educação Básica (EEBAS) como Colégio de Aplicação. “A UFPB segue em movimento, segue crescendo. Se ela cresce, todos ganham, ganha sociedade paraibana”, avaliou. 

Em termos de assistência estudantil, Prof. Valdiney Gouveia destacou a modernização e a ampliação do atendimento nos Restaurantes Universitários (RUs) dos quatro campi – em que o número de estudantes beneficiados com alimentação gratuita passou de 2.216 em 2020 para 3.595 atualmente, além de ampliar o atendimento ao público pagante, beneficiando toda a comunidade acadêmica, o que inclui professores, servidores e estudantes não atendidos pelos programas de assistência estudantil. 

Ainda sobre ações de assistência para os estudantes, o Reitor anunciou que a UFPB, por meio de docentes, como o professor Joseilme Fernandes Gouveia, e também estudantes, articula, junto à Prefeitura Municipal de João Pessoa, a assinatura de um termo de cooperação para oferecimento de um ônibus gratuito que sairá do campus de João Pessoa com destino ao campus de Rio Tinto/Mamanguape, beneficiando os estudantes do Centro de Ciências Aplicadas e Educação (CCAE). Atualmente, há ônibus circulares gratuitos que realizam os trajetos entre unidades do campus de João Pessoa, interligando o bairro do Castelo Branco à unidade acadêmica de Mangabeira e a Santa Rita. 

Quanto aos concursos públicos, o Reitor informou que haverá nomeação imediata dos aprovados no concurso para técnicos administrativos que está em andamento (Edital n° 53/2022), para preencher cargos vagos resultantes de aposentadoria de servidores. Para o próximo ano, há previsão de realização de novos concursos para a carreira docente e para a carreira técnico-administrativa. 

De acordo com o Reitor Valdiney Gouveia, até o final deste ano será publicado um edital de concurso com 45 vagas para docente do magistério superior. Ele anunciou ainda que, em 2023, será realizado um novo certame para técnicos administrativos, com convocação dos aprovados ainda no ano que vem.  “Não é uma opção, é um dever da Universidade se renovar para funcionar a contento. Mas não vamos nomear por nomear, temos que nomear de acordo com as necessidades reais”, informou o Reitor. 
Entre as ações implementadas no Hospital Universitário Lauro Wanderley nestes dois anos, o Superintendente do HULW destacou algumas obras e reformas realizadas, além da renovação do parque tecnológico da unidade de saúde, com aquisição de novos equipamentos para a realização de exames de densitometria óssea e tomografia, entre outros. 

Outra realização de grande relevância para o hospital é a implementação da nova subestação de energia que, segundo Marcelo Tissiani, vai resultar, entre outros benefícios, em mais segurança para a saúde dos pacientes, especialmente aqueles que utilizam equipamentos como respiradores na Unidade de Terapia Intensiva (UTI), e em mais eficiência energética para o HULW. 

O Superintendente do Hospital destacou ainda algumas obras bastante aguardadas e que estão em andamento, a exemplo da construção de uma rampa de acessibilidade junto ao ambulatório e a construção de um núcleo de pesquisa clínica, enfatizando a extrema importância da criação deste núcleo. “A nossa grande função, além de assistência médica, é o ensino e a pesquisa”, acrescentou o Dr. Marcelo Tissiani. 

CLICKPB

BORGES NETO LUCENA INFORMA