Após polêmica, Governo Federal deve manter Diretoria de Políticas para surdos, revela presidente da Funad

 


O Governo Lula III deve manter a Diretoria de Políticas de Educação Bilíngue de Surdos, que segundo a imprensa nacional, havia sido 'extinta' em decreto publicado pela administração federal. Conforme apurou o ClickPB, a informação foi detalhada pela presidente da Fundação de Apoio a Pessoa com Deficiência da Paraíba (Funad), Simone Jordão em entrevista ao programa Arapuan Verdade, da rádio Arapuan FM. O tema tem sido motivo de bastante polêmica.

Segundo Simone, há informações de que ocorreram debates com pessoas da categoria, e após isso o Governo deve manter a Diretoria. "Qualquer tipo de atitude, nesse sentido haja uma discussão da cartegoria, que foi o que aconteceu agora. O Governo Federal ele vai repensar, ele não vai mais extinguir a secretaria, pela informação que eu tenho, e foi muito importante né, escutar essas pessoas,. Eu acho que isso é fundamental", comentou a presidente da Funad. 

Hoje (06), o Ministério da Educação (Mec) explicou que deverá ser lançado um novo decreto formalizando a continuidade da área, implantada na gestão de Bolsonaro. “A Diretoria de Políticas de Educação Bilingue de Surdos permanece na estrutura do Ministério, e passará a funcionar dentro da Secretaria de Educação Continuada, Alfabetização de Jovens e Adultos, Diversidade e Inclusão”, afirmou o ministério em nota.

CLICKPB



BORGES NETO LUCENA INFORMA