Camila Toscano revela que irá votar contra aprovação das contas de Ricardo e João; oposição deve seguir posição

 


A bancada de oposição ao governo estadual  na Assembleia Legislativa da Paraíba (ALPB) deverá votar contrário ao parecer do deputado Wilson Filho (Republicanos) pela aprovação do ex-governador Ricardo Coutinho (PT) e João Azevêdo (PSB). A informação foi veiculada na edição desta quarta-feira (25), do programa Arapuan Verdade, da rádio Arapuan FM. Um dos parlamentares que revelou o voto foi a deputada Camila Toscano (PSDB).

De acordo com a deputada, os exercícios financeiros foram analisados ontem pela Comissão de Constituição e Justiça (CCJ), em bloco. O parecer foi emitido de foram única, pela aprovação. No entanto, de acordo com Toscano, houve voto posição contrária. "Diferente do que muitos pensam né, e poucos sabem as contas foram analisadas todas em bloco, a gente tá falando de seis contas (três do governador Ricardo e três do governador João). E todas elas foram votadas e analisadas em bloco. Votou-se um parecer único, do deputado Wilson e meu voto foi contrário", detalhou Camila.

Segundo a parlamentar, seu voto se deu com base nas informações disponibilizas a ela, a exemplo do relatório do Tribunal de Contas do Estado (TCE-PB). "Contrário com base naquilo que a gente tem de informação e aquilo que o TCE nos informou e nos trouxe no próprio relatório", finalizou. 

Apesar da posição contrária, ela declarou que irá votar a favor da aprovação da Lei Orçamentária Anual (LOA), o orçamento do estado para 2023, que também deverá ir a julgamento amanhã (25) junto as contas do ex-governador e chefe do executivo atual.

CLICKPB



BORGES NETO LUCENA INFORMA