Dois paraibanos aparecem em lista de deputados com menos de 75% de presença em plenário

 


A Câmara Federal teve uma assiduidade acima da média nesta legislatura que está próxima do fim. No entanto, ainda assim há deputados que seguem acumulando faltas às sessões em Brasília. De acordo com o programa Arapuan Verdade, da rádio Arapuan FM, dois deputados paraibanos aparecem entre os que têm menos de taxa de 75% de comparecimento às sessões.

Edna Henrique (Republicanos) e Wellington Roberto (PL) aparecem na lista repercutida nesta quarta-feira (25) do programa Arapuan Verdade divulgada pelo site Congresso em Foco, responsável pelo levantamento.

Edna Henrique teve um comparecimento de 74,94% às sessões durante o mandato. Ela não tentou a reeleição para deputada federal e não retorna à Câmara na próxima legislatura. Neste seu último mandato Edna enfrentou alguns percalços, como a internação e falecimento de seu marido em janeiro de 2021, o deputado estadual João Henrique devido a complicações provocadas pela covid-19. Os problemas de saúde fizeram com a que a deputada faltasse a algumas sessões.

Já Wellington Roberto, que foi reeleito para um novo mandato, teve um índice de 73,97% de comparecimento às sessões.

A 56ª Legislatura da Câmara dos Deputados registrou ainda um recorde de taxa de assiduidade. De acordo com as informações da Secretaria-Geral da Mesa, dos 598 deputados empossados, sendo 513 titulares e 85 suplentes que assumiram vaga na Câmara, 437 compareceram a, pelo menos, 90% das sessões.

Esta legislatura ficou marcada, principalmente, pelas sessões remotas que começaram a ser adotadas em 2020, após a proliferação da pandemia de covid-19.

Ao todo, 14 parlamentares ficaram abaixo da taxa de 75% de assiduidade às sessões. Além dos paraibanos também aparecem Paulinho da Força (Solidariedade-SP), Áurea Carolina (PSOL-MG), José Priante (MDB-PA), Rossoni (PSDB-PR), Igor Kannário (União-BA), Elcione Barbalho (MDB-PA), Onyx Lonrenzoni (PL-RS), Júnior Lourenço (PL-MA), Jéssica Sales (MDB-AC), Guilherme Mussi (PP-SP), Luciano Bivar (União-PE) e Antônia Lúcia (Republicanos-AC).

CLICKPB


BORGES NETO LUCENA INFORMA