George Morais diz que União Brasil, mesmo com ministros no governo Lula, tem independência e não integra base do petista


 O deputado federal eleito na Paraíba, George Morais, declarou que o União Brasil, mesmo tendo ministros no governo Lula, terá independência e não integrará base do petista no Congresso. Em entrevista ao programa Arapuan Verdade, nesta terça-feira (3), o ex-superintendente da Semob João Pessoa pontuou que, "no tocante ao União Brasil faremos parte da ala de independência".

"O União Brasil indicou dois ministros, conforme foi noticiado. Ambos indicados pela Câmara dos Deputados. Mas o próprio Luciano Bivar deixou uma nota clara, dizendo da postura de independência que deve ser seguida pelo senador Efraim Filho, que também externou publicamente a sua posição de independência, de equilíbrio, de votar aquilo que for a favor da Paraíba", disse o deputado eleito, conforme apurou o  ClickPB.

Ainda segundo George Morais, "desejo, obviamente, que seja um governo que traga prosperidade para o povo. Mas, no tocante ao União Brasil faremos parte da ala de independência, de autonomia, por coerência em relação ao que defendemos nas últimas eleições."

George Morais  também relatou que os palanques devem estar desarmados e não importante quem será "o pai da criança" na votação de projetos importantes para a população. "Eu já disse e repeti que, uma vez findada a eleição, uma vez desarmados os palanques, não é hora mais de querer saber quem será o pai da criança. Se a ideia vier da situação, ótimo. Tenho certeza que será bem defendida. Se a ideia vier da oposição, eu espero que o governo e também a base da situação faça essa leitura correta, de que aquilo que for benéfico para o povo brasileiro, ou levando a situação aqui para o estado da Paraíba, eu espero que o governo ele possa aproveitar."

CLICKPB



BORGES NETO LUCENA INFORMA