Lula formaliza nome de Rita Serrano para a presidência da Caixa


 O presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) oficializou a indicação de Rita Serrano para a presidência da Caixa Econômica Federal. A nomeação foi confirmada nesta segunda-feira (9), em edição extra do Diário Oficial da União (DOU) que também exonerou Daniella Marques do cargo.

O nome de Rita havia sido anunciado pelo ministro da Fazenda, Fernando Haddad, em 30 de dezembro de 2022.

Na ocasião, o chefe da área econômica do governo Lula também indicou Tarciana Medeiros como nova presidente do Banco do Brasil – o nome dela, no entanto, ainda não foi oficializado.

Nomeação de Rita Serrano e exoneração de Daniella Marques no DOU — Foto: Reprodução

Quem é Rita Serrano

Serrano é funcionária da Caixa desde 1989, onde exerceu diversas funções. Desde 2014, participa do Conselho de Administração do banco. Primeiro, como suplente. E, desde 2017, como titular, com duas reeleições desde então.

Como representante dos empregados, Serrano cobrou celeridade na apuração sobre as denúncias de assédio sexual feitas contra o ex-presidente da Caixa Pedro Guimarães, em junho.

Ativa em órgãos ligados à estatal, ela ocupada o cargo de 3ª conselheira na Federação Nacional das Associações do Pessoal da Caixa Econômica Federal (Fenae), que atua como entidade de defesa dos direitos dos empregados.

Ela também presidiu o sindicato dos Bancários do ABC Paulista, entre 2006 e 2012. E coordena, desde 2015, o Comitê Nacional em Defesa das Empresas Públicas.

A nova presidente da Caixa é formada em estudos sociais e história, com mestrado em administração pela Universidade Municipal de São Caetano do Sul.

Também escreveu três livros: "O desenvolvimento socioeconômico de Rio Grande da Serra" (2007), "Caixa, banco dos brasileiros" (2018) e "Rompendo barreiras" (2022). Ela também é coautora do livro "Caixa: empresa a serviço do sonho dos brasileiros" (2018).

CLICKPB


BORGES NETO LUCENA INFORMA