Prefeitura de João Pessoa seleciona consultores para projeto de desassoreamento, diagnóstico ambiental e monitoramento do Rio Jaguaribe

 

A Prefeitura Municipal de João Pessoa, por meio do Programa João Pessoa Sustentável, deu início aos processos licitatórios no modo Seleção Baseada na Qualidade e Custo (SBQC). O objetivo é atrair empresas que manifestem interesse em prestar consultoria para elaboração dos Projetos Básico e Executivo de Desassoreamento do rio Jaguaribe, bem como para o diagnóstico ambiental e monitoramento do rio.

As empresas interessadas poderão participar do processo até 13 de janeiro através do e-mail da Unidade Executora do Programa. A descrição e detalhes estão disponíveis noPortal da Transparência da Prefeiturapara os arquivos envolvendo a licitação do Diagnóstico Ambiental e Monitoramento do rio Jaguaribe.

De acordo com Thais Gidi, coordenadora de Aspectos Ambientais do Programa João Pessoa Sustentável, “essas duas contratações trarão as informações iniciais para as ações de recuperação e acompanhamento dos padrões de contaminação do rio Jaguaribe. A primeira aquisição traz um retrato da real situação das áreas assoreadas do rio e o que pode ser feito para mudar; e a segunda, traz um retrato da qualidade de como o rio está e já determina as etapas futuras de monitoramento, garantindo o acompanhamento da evolução dos padrões”, afirmou.

O orçamento estimado dessa contração especializada é de R$ 1.306.306,17. O objetivo é trazer melhoria substancial na identificação dos problemas que afetam a qualidade do rio, assim como das ações de melhoria indicadas.

Os portfólios e documentos solicitados deverão ser entregues em meio digital (através de correio eletrônico/e-mail) até as 23:59 h do dia 13/12/2023 (horário de Brasília/DF, Brasil), e endereçados para: UNIDADE EXECUTORA DO PROGRAMA, conforme instruções publicadas.

Promove o desenvolvimento social, urbano e econômico da cidade por meio da redução das desigualdades, da modernização dos instrumentos de planejamento urbano, da prestação de serviços e da administração pública e fiscal. É orçado em 200 milhões de dólares, metade financiada pelo Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID) e a outra parte contrapartida da Prefeitura de João Pessoa.

CLICKPB


BORGES NETO LUCENA INFORMA