João faz alerta sobre acidentes envolvendo motociclistas

O governador da Paraíba, João Azevêdo, demonstrou preocupação com alto índice de acidentes envolvendo motocicletas no estado. O gestor destacou que medidas precisam ser adotadas para evitar o número de mortes e de acidentados.
Para João, a quantidade de vítimas fatais, ou de mutilados nos acidentes precisa diminuir. "Nós precisamos reduzir o número de acidentados principalmente com motos. É um absurdo. E a campanha Maio Amarelo vai nessa direção, de fazer com que a nossa população morra menos com motos", afirmou João.
O chefe do Executivo estadual destacou que o número de sequelados vítimas do trânsito ultrapassa os 3 milhões no país. "É um absurdo o que acontece nesse país, é uma tragédia. Esse número representa mais de 60% dos leitos hospitalares ocupados por pessoas acidentadas por motos", avaliou o governador.
Segundo João, na Paraíba, o quadro não é diferente, já que grande parte do atendimento nos hospitais estaduais é de vítimas de acidentes com motocicletas. "O Hospital de Traumas de Campina Grande, só no final de semana, de aproximadamente 600 atendimentos, 200 se referem a acidentes de motos e veículos, não é possível que isso possa continuar. Temos que reduzir o custo da saúde protegendo o cidadão para que ele sofra menos acidentes com motos", pontuou.
PB Agora

BORGES NETO LUCENA INFORMA

Comentários