Veneziano garante buscar recursos para o governador realizar as ações nos Municípios

O Senador Veneziano Vital do Rêgo (PSB-PB) participou, na noite deste sábado (03), em Campina Grande, da terceira etapa do Orçamento Democrático Estadual – Ciclo 2019 e destacou a importância da iniciativa como ferramenta imprescindível da democracia.
Como Senador da República, Veneziano reafirmou o compromisso de buscar recursos, em Brasília, que possibilitem ao governador Joao Azevedo (PSB) executar as obras e cumprir com as solicitações apresentadas pela população das 17 cidades participantes desta etapa – como das outras cidades que compõem as demais etapas também – por meio de seus conselheiros.
Ao lado do governador João Azevedo, da vice-governadora Lígia Feliciano (PSB), de deputados, secretários e lideranças políticas e comunitárias, Veneziano ouviu atentamente as prioridades de cada Município, em áreas como Educação, Saúde, Infraestrutura, Segurança Pública, Estradas, Meio Ambiente, dentre outras.
Ele enfatizou que o Estado e os Municípios tem utilizado o Orçamento Democrático como uma ferramenta indispensável para o desenvolvimento e realização de obras, desde reformas a grandes construções; e ressaltou que o Governo do Estado se mantém firme no compromisso de continuar dividindo com a sociedade a escolha das prioridades que realiza para as comunidades e os Municípios.
“Eu quero, primeiro, louvar a coragem, a disposição, a determinação do Governo do Estado de manter vivo o Orçamento Democrático, desde a gestão do ex-governador Ricardo Coutinho, agora sequenciado pelo governador João Azevedo”, disse Veneziano.
Desde a época de Prefeito – Como ex-prefeito de Campina Grande, o hoje Senador Veneziano lembrou que, em sua gestão, implantou o Orçamento Participativo, que teve um papel fundamental na execução das obras e ações solicitadas pelos representantes das comunidades.
“Eu digo, e me recordo muito bem, que o nosso Orçamento Participativo, durante um período de 8 anos, foi extremante respeitado e levado em consideração. 92% das sugestões que eram feitas, discutidas e deliberadas pelos delegados, eram atendidas e acompanhadas de perto por nós”, lembrou.
Para o Senador, essa postura do gestor de acompanhar de perto o andamento do orçamento dá credibilidade à ação governamental e cultiva o respeito e o respaldo da população.
Assessoria 


BORGES NETO LUCENA INFORMA

Comentários