Após proibir igreja de entregar alimentos, PMJP determina que sopa só poderá ser distribuída no Restaurante Popular e no Centro POP


A Prefeitura de João Pessoa determinou nesta terça-feira (05), que a distribuição de sopão realizado pelas pastorais da Igreja Católica e demais organizações devem acontecer no Restaurante Popular da Lagoa e no Centro POP, localizados no Centro da cidade. A determinação ocorreu durante uma reunião entre representantes da PMJP e da Arquidiocese da Paraíba. 
Participaram do encontro a primeira-dama da Capital, Maísa Cartaxo, o secretário de Desenvolvimento Urbano (Sedurb), Zennedy Bezerra, o secretário adjunto de Desenvolvimento Social (Sedes), Vítor Cavalcante, o vereador  Milanez  Neto e o Vigário Geral da Arquidiocese da Paraíba, Pe. Luiz de Souza e Silva Júnior.
A proibição aconteceu na noite da última segunda-feira (5), quando integrantes das pastorais foram proibidos por guardas da Secretaria de Desenvolvimento Urbano (Sedurb) de distribuir comidas a pessoas em situação de rua no bairro do Centro, em João Pessoa. 

BORGES NETO LUCENA INFORMA

Comentários