João descarta aliança com Cartaxo e reforça que articulações só em 2020

Após anúncio de que o prefeito de João Pessoa, Luciano Cartaxo (PV), estaria articulando uma aproximação com o governador do Estado, João Azevêdo (PSB), que está em vias de romper politicamente com o ex-governador, o socialista rebateu as veiculações e disse que articulações políticas só em 2020, negando que tenha alguma tendência de aproximação com a oposição. 
Nesta sexta-feira (01) durante a entrega de equipamentos para a manutenção da cidade, no programa João Pessoa em Ação, o prefeito disse que nunca tratou oposição como inimigo, em referência a uma provável aproximação com João. “Minha trajetória sempre foi de não transformar adversário em inimigo, então procuro somar, apresentar ideias, propostas para a cidade de João Pessoa e mostrar que é possível fazer mais pelo nosso povo”, disse.
Já o governador esclareceu que o debate em torno de aliança só terá sua atenção em 2020. "O nosso foco é esse aqui. O nosso foco é fazer a Paraíba ficar livre de aftosa, continuar avançando, trazer o estaleiro para cá, fazer com que a gente comemore, celebre obras novas, qualquer coisa que se diz, ela tem as várias leituras. Na política se conversa. Na política, se senta, se conversa e tenta encontrar caminhos. Mas não houve absolutamente nenhum contato nem coisa que o valha nessa direção. Não teve compromisso nenhum, não houve nada disso, coincidiu com a fala do prefeito de dizer que sairia um candidato da estrutura administrativa dele e surgiu isso", esclareceu. 
CLICKPB


BORGES NETO LUCENA INFORMA

Comentários